Um projeto desafiador: ProinterBio, do Sebrae

Um projeto desafiador: ProinterBio, do Sebrae

Em outubro de 2017 fomos convidados para participar do projeto ProinterBio, do Sebrae/RJ, apresentando uma proposta para melhorar a comunicação e a divulgação. Avaliamos o que havia sido feito até então – o programa foi criado em 2015 – e propomos começar criando uma nova marca. A marca que vinha sendo utilizada não traduzia o dinamismo e a inovação deste projeto. E, a partir da nova marca, aí sim, trabalhar a comunicação. O Prointer - Programa de Aceleração de Negócios e Internacionalização, foi criado pelo Sebrae em 2008 com o objetivo de promover…Leia mais
JAL Design faz 20 anos! E isso é motivo para comemorar.

JAL Design faz 20 anos! E isso é motivo para comemorar.

Esta semana começamos a relembrar projetos realizados ao longo dos 20 anos da JAL Design. A empresa começou em 1997, em Home Office, e desde então já mudamos de endereço algumas vezes e estamos há 2 anos aqui no Leblon, num escritório super simpático e tranquilo. Nestes 20 anos muita coisa mudou, tanto na forma de se trabalhar quanto o mercado, o país e o mundo. Já usávamos computador, claro, e e-mail para nos comunicar, mas o celular era apenas um telefone móvel e a Internet ainda muito lenta. Mesmo com limitações -…Leia mais
Novo site, papelaria e atualização de marca – Total Automação

Novo site, papelaria e atualização de marca – Total Automação

Saindo do forno o trabalho que acabamos fazer para a Total Automação, empresa que oferece soluções inovadoras nos segmentos de Petróleo e Gás, Química e Industrias em geral. A JAL Design teve o prazer de desenvolver a atualização da marca, o novo site da empresa com foco na objetividade e experiência de seus serviços, peças de papelaria e folders de apresentação. Confira: A Total Automação vem crescendo e ampliando suas áreas de atuação, com forte viés em pesquisa e desenvolvimento e soluções inovadoras. Papelaria e Lâminas A marca foi redesenhada para apresentar mais…Leia mais
Como construir uma marca forte

Como construir uma marca forte

Hoje em dia em todos os setores da indústria e comércio, existem as mais diversas opções de produtos e marcas e por isso torna-se cada vez mais difícil de se destacar no mercado. Então surge a questão: o que é necessário para se estabelecer no mercado como uma marca forte? Marcas fortes são aquelas que além de oferecerem um serviço ou um produto de qualidade oferecem uma experiência única que se estabelece no inconsciente de preferência do público. Coca-cola, McDonalds, Google, Facebook, Nike e Apple são exemplos de algumas das marcas mais tradicionais…Leia mais
Novo site da Projesystem

Novo site da Projesystem

A Projesystem é uma empresa nova de projetos de engenharia elétrica. Criamos o site de lançamento da empresa, com destaque a grande variedade de serviços oferecidos. Com fotografias chamativas e um bom trabalho de palavras-chave, o site tem como objetivo informar e divulgar a empresa. 2003Leia mais
Tendências da Internet e como atingir seu público

Tendências da Internet e como atingir seu público

O crescimento de usuários da Internet cresce agora em altas taxas em mercados mais difíceis de medir como India, Indonésia e Nigéria. Nos países mais desenvolvidos a taxa se estabilizou. O número de usuários de smartphones estão mais consolidado nos mercados desenvolvidos e cresce exponencialmente em países como China, India e Brasil. Hoje, 25% do total de usuários da web acessam através de smartphones, sendo 14% há apenas um ano. Aqui na America do Sul já são 17% do total de acessos a web. A esmagadora maioria dos aparelhos usa Android. Apenas nos…Leia mais
Como começou a web no Rio de Janeiro e para mim

Como começou a web no Rio de Janeiro e para mim

Em 1994 o IBGE disponibilizou acesso a Internet para um seleto número de usuários no Rio de Janeiro. Um amigo que trabalhava no IBGE colocou nosso nome na lista e nós fomos uns dos primeiros usuários da Internet aberta na cidade, talvez do Brasil. Até então, somente universidades podiam utilizar a Rede.Comecei a fuxicar, descobri o código das páginas e, mesmo sem saber programar, fui mudando uma coisa aqui, outra ali, até criar minha própria Homepage (como chamávamos os websites na época) no Geocities. Não havia ainda o Comitê Gestor, nem .br. A…Leia mais