Simples e Genial – Boll, o projeto de mobiliário urbano

Você já percebeu que principalmente nas grandes cidades brasileiras é difícil encontrar pelas ruas objetos úteis como bancos e mesas? Muitas vezes estamos cansados de andar por um longo tempo, ou queremos sentar para esperar alguém, conversar ou beber uma água e não temos a opção de fazer isso no espaço público, é preciso procurar um restaurante, um café ou shopping por exemplo.

Então, por que não criar um mobiliário urbano que atenda a essa questão?

Pensando nisso, Adrian White, um designer francês de Lyon, apresenta um interessante projeto de mobiliário urbano adaptativo, denominado Boll.  O projeto foi apresentado na última edição do festival de Lyon City Design, evento que anualmente promove o pensamento sobre o design e suas possibilidades na cidade de Lyon, com o objetivo que cada vez mais pessoas se conscientizem sobre seus benefícios, tornando a cidade uma verdadeira “cidade do design”.

boll-mobiliário-urbano

O mobiliário criado por Adrian White é adaptável para as áreas de públicas. O designer defende que “O pátio de uma praça é o centro de uma área metropolitana, isto é, onde a maior parte do movimento do centro das cidades está concentrado, além de ter uma grande quantidade de construções, tais como cercas, blocos de concreto, postes, paredes, entre outros, que são inutilizados”.

Com o projeto Boll, as construções existentes podem se tornar o apoio de novos objetos, o que maximiza o uso dessas construções, oferecendo uma nova visão do espaço urbano.

A família Boll consiste em três módulos (uma tabela, assento e costas), fixado nos terminais de concreto das áreas públicas. Podemos pensar em cadeiras, bancos, mesas, com diversas cores e formas, divertindo e colorindo os espaços, proporcionando uma maior interatividade entre o cidadão e o espaço público.